sábado, 4 de dezembro de 2010


Eu amo você, nem os motivos eu sei direito
talvez seja o seu sorriso ou
o jeito que você chama meu nome
Pode ser as suas ligações no meu da noite dizendo
que me ama.
Quem sabe seja as suas piadas sem graça que me faz
sorrir sem parar.
Mas acho que a cima de tudo é o que você provoca em mim uma falta de ar,
um brilho no olhar, um sorriso sincero.
Uma vontade de te agarrar e não soltar nunca mais.

Um comentário: